Deadpool 2 - Sangue, Referências e Mais Sangue


Se você também adora os heróis da Marvel como eu você deve adorar esse cara aí: Bruce Wayne o Deadpool voltou em mais um filme, já antes de ser lançado você com certeza viu alguma propaganda hilária ou com a polêmica da faixa etária que foi aumentada para 18 anos (Que aliás você entenderia depois que visse).



O filme que é a cara da personalidade do Deadpool dos quadrinhos é repleto de humor, humor negro. Dessa vez o filme contou com cenas de atrocidades ainda mais brutais o que o primeiro.


Eu sei que você, embora tenha gosto apenas para o setor cômico do personagem, sente algum tipo de pena ou remorso do cara, né. Se você concordou e ainda não assistiu o filme prepare-se. 

Eu ainda não sei se sou eu que sou um chorão, ou se era exatamente o objetivo do diretor fazer minhas lágrimas escorrerem na merda dos trinta primeiros minutos - É, se você foi inteligente você pegou que vai dar merda logo no comecinho, né. (nem vem que isso não é SPOILER)



Sabe quando o seu professor de português colocava uma tirinha da Matilda na prova e fazia aquela maldita pergunta: Onde está o humor na tirinha. (Eu odiava essas perguntas). Pois saiba que existe uma resposta facinha, ela é: Quebra de expectativa. Só isso. Sabe o que faz um filme ter um humor melhor do que o outro? Uma melhor expectativa, e você sabe também qual o filme em que mais existe quebra de expectativa? É, esse aí mesmo. 

Me desculpe, mas se você é o senhor perfeitinho e odeia pessoas boas morrendo sem sentido nenhum, não veja essa filme. Ah e se você é o cara que acredita no politicamente correto, assista esse filme. Piadas racistas, xenofóbicas e o que mais você quiser. (lembrando que eu não tenho nada a ver com isso)



O filme foi ótimo, cenas muito bem feitas e detalhadamente perfeito. O final que foi o problema ao meu ver. Eu não sei se na história das HQs é da mesma forma que a da adaptação cinematográfica mas a questão é que ***SPOILER*** eu particularmente não vi um porquê do homem do futuro gastar a p*rra do combustível de voltar no tempo e não ter salvado o cara o quanto antes. Cinema, a meu Deus...




Bom. A questão é que cada segundo valeu a pena, com as boas risadas e toda a característica desse filme único. E você, também gostou? Deixa aí nos comentários.